16 de setembro de 2009

Dizer mal está-lhes no sangue

José Sócrates chegou à conclusão que afinal «é possível fazer um comício sem dizer mal de ninguém». Um apenas. Sobretudo numa altura em que se afastam os adversários que, como a Manuela Moura Guedes, dizem mal de tudo e de todos.  Mas daí até que a moda pegue e chegue à Madeira...
Quem não parece estar pelos ajustes é Paulo Portas. Os insultos sucedem-se e, desta vez, afirmou-se mesmo preparado para ser primeiro-ministro. Quanto a isto, cumpre recordar que a perda de lucidez, num político, pode ser fatal. O povo, pelo menos, tem-se queixado muito...

3 comentários:

Anónimo disse...

com as letras desta cor fica dificl ler...

Alexandre disse...

@ anónimo 16/9/2009 16:51

Tratou-se de uma incompatibilidade técnica (do internet explorer com o mozilla firefox e, ainda, com o próprio template), entretanto resolvida.

EM ROID HALL disse...

era eu....