22 de junho de 2007

à tout propos (270)

Que tipo de justificação podem dar os apoiantes de Hugo Chavez, para as atitudes verdadeiramente autocráticas e fascistas como a que o levou a encerrar a Rádio Caracas Televisión, por exemplo? Não só estimula o culto do chefe enquanto figura messiânica, libertadora do jugo americano como decreta o unanimismo através da propaganda e censura. Verdadeiramente arrepiante, por exemplo, o programa televisivo que apresenta ao domingo. Terá a veleidade de, ele próprio, criar a sua própria religião que, de resto, andará arredada do comunismo que invoca abusivamente e em vão? Entretanto, quem libertará depois o povo venezuelano do jugo chavenho? Os americanos? Valha-nos deus...

2 comentários:

silk disse...

Desconcertante. No mínimo..

Rui Cancela disse...

Não são atitudes fascistas. Ou melhor são. Na mesma medida e de igual forma que comunistas também.

Entre duas coisas péssimas não existe "melhor".

opss