30 de agosto de 2009

Chavez na descontra

Depois de escorraçar os meios de comunicação social independentes, Hugo Chavez desacelerou internamente e, agora, até tem substituído a t-shirt vermelha surrada por uma discreta gravata. Talvez a que usa para, diplomaticamente, ameaçar toda a América Latina com guerra. Defeito profissional ou apenas precaução, certo é que o investimento em armamento bélico tem vindo a aumentar substancialmente nos últimos anos...

5 comentários:

EM ROID HALL disse...

pá, até percebo que a corrida ao armamento não é, por consequência directa da sua natureza, algo que se deva preconizar. mas, tendo em conta o passado histórico da américa latina, e as sete bases militares que os américas querem instalar na colômbia, não sei bem como é que a coisa podia ser feita de outra forma...

Alexandre disse...

Não me interpretem mal. Até nem seria má ideia se Portugal tivesse bases militares - como teve feitorias - um pouco por todo o mundo. Quem sabe se os «magalhães» não seriam uma bela moeda de troca...

Jefferson disse...

Hugo Chavez, Morales e Fidél são três ratinhos pequenos. O elefante vermelho é a ONU, e o seu projeto de governo mundial com aquelas boas intenções de sempre. Na visão geral da ONU, o imperialismo (entenda: Liberalismo), deve ser trocado rapidinho.

G. Washington disse...

O raciocínio presente no comentário anterior merecia ser desenvolvido.

G.W.Bush disse...

O que é um raciocínio?